10 de setembro de 2009

O Sono do Bebê

Quando Arthur nasceu, eu realmente não sabia o que iria acontecer. Escutei muitas histórias, algumas boas, outras assustadoras, e na infância vivenciei o drama de ter um bebê em casa que chorava todas as noites até os seis meses (minha irmãzinha...ehehehe).
Como todo recém-nascido, Arthur acordava de hora em hora pra mamar, e ficava no peito por 10 minutos. E foi assim até ele completar 21 dias. Daí pra frente todos os dias ele abria o berrador às 16h e só fechava às 22h. Não havia banho de ofurô, remedinho de cólica/gases, leite, colinho ou massagem que desse jeito. E eu, ávida consumidora de informação, só fazia correr atrás de tudo que pudesse ajudar, encher a cabeça de informação, tentar de tudo... e me frustrar por não conseguir resolver. Fomos nessa situação até o terceiro mês, quando apareceu o refluxo (Xô, Lei de Murphy!ehehehe), aí ele já não chorava tanto, mas não conseguia fazer as sonecas, porque tinha muita azia. E assim fomos, até que aos cinco meses, meu anjo não tinha mais nada que incomodasse seu sono, maas... ainda tirava as famosas "sonecas safadas", que duravam de 20 a0 30min... um belo dia, procurando ajuda na internet, deparei-me com a seguinte frase: "Lembre-se, cada bebê é único e tem o seu próprio rítmo de desenvolvimento" - foi um bálsamo na minha cabeça fervente. Desencanei, e passei a observar mais, uma das melhores dicas da Encantadora de Bebês. E descobri que meu filho, apesar de tirar sonecas curtíssimas, acorda feliz e bem disposto depois dos soninhos safados. Ele não é uma criança irritadiça nem mau humorada (bem, experimenta não fazer o que ele quer...ehehehe), então, esse "soninho" é suficiente pra ele. à noite ele sempre dormiu muito bem, e aos sete meses, tem acordado no máximo duas vezes pra mamar (às vezes acorda mais, mas é assunto pra outro post...eheheh) e vai até as 5h - 5h30m... sim, cedo pra caramba. E de acordo com minhas observações e o "Grupo Soluções para Noites sem Choro", estou chegando à conclusão de que tenho uma pequena cotovia (pra quem não sabe, é o pássaro que anuncia o dia) em casa... estou tentando aplicar as dicas do Grupo, se der certo, posto aqui pra vocês.
Bom, falei demais de novo...ehehehe
Resumindo, como perceber se o padrão de sono do meu bebê é bom pra ele?
- Observando. Veja se ele acorda feliz e bem disposto depois de uma soneca;
- Procurando ajuda, e aqui indico o que me ajudou:
O livro "Os Segredos de uma encantadora de Bebês"
O Grupo "Soluções para uma noite sem Choro", criado com base no livro de mesmo nome;
E a comunidade "Soluções para uma noite sem Choro", no Orkut, onde várias mamães dão seu depoimento e trocam ideias, acho muito boa!
Se você tem alguma outra sugestão, poste aqui, afinal, estamos todas aqui pra nos ajudar!
Beijos!!

5 comentários:

Ana disse...

Como já havia dito, o sono nunca foi problema para o baixinho.
Pelo contrário. Se não tivesse as suas sonecas de 1 a 3 horas por dia a casa caia!
O bebê calmo, que ficava no carrinho ou no colchão numa boa, se transformava em um chorão, que chegava a gritar exigindo seu soninho.
Então, virei a chata das rotinas que defendia com unhas e dentes seu descanso.
Mesmo que isso causasse comentários de desaprovação alheios.
Afinal, quem segurava o rojão preste a explodir era eu!
E toda mãe sabe, o sono deles vale mais do que ouro! Rs

Mãe do Pitoco disse...

Pitoco é igual ao pequeno da Ana, nossa amiga que comentou aí em cima. Se não dormir duas vezes durante o dia, fica impossível. Aqui em casa, a rotina foi a melhor coisa para ele. Acorda, 4 horas depois tira uma soneca. Acorda, 3 horas depois tira outra soneca. Cada uma dura mais ou menos 1h/1h30. Procuro deixar a casa em silêncio, para que ele relaxe bem. Assim ele fica descansado e à noite dorme bem melhor, com apenas 2 intervalos para mamar (dorme de 22h às 8h30, mas com estes 2 intervalos). Mama e dorme imediatamente e eu descando bem mais. Ele tem 10 meses e houve alguns momentos em que as coisas ficaram piores em termos de sono, normalmente, por causa de dentinhos nascendo. Quer uma dica? Se souber inglês, leia o artigo aqui: http://mightymommy.quickanddirtytips.com/kids-and-naps.aspx

Lia disse...

Oi, Cynthia. Foi sua primeira aparição lá no saco de farinha, né? Adorei receber sua visita e conhecer sua casinha. Beijão.

Ana disse...

Pois é Mãe do Pitoco!
Eu tb respeito o sono do meu baixinho. Deixo o ambiente da casa o mais tranquilo possivel.
Afinal quem gosta de dormir no barulho né?
Resultado que ele dorme até hoje com 3 anos todas as tarde depois do almoço por pelo menos 1 hora. O normal é 2hs.
Essas mesma pessoas que me criticavam por defender a rotina me perguntavam como eu consigo cuidar sozinha da casa, dele e ainda ficar na internet desde que ele tinha 3 meses.
Oras, ele dorme bem!
Simples assim! Rs
Adorei o artigo. Cynthia é fera no inglês.
Eu recorri a ajuda do Tio Google. :)

Cynthia Santos disse...

Oi, gente, desculpem o sumiço... meu pc está pirado, resolveram atualizar a bios e não atualizaram o resto, resultado: Ta uma bagunça só, ícones trocados, a antena não funciona... no serviço, estou saindo todos os dias com uma representante, então meu tempo... sumiu.
Li o artigo e adorei, Mãe do Pitoco, mas acho que já descobri o que o faz acordar tão cedo: é o cocô. Sério, quando ele não faz cocô às 5h da manhã, ele dorme até 6h30m... agora, quando faz... é mudrugar na certa... ai,ai... e como mudar esse horário, pergunto EU??

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Premium Wordpress Themes