22 de outubro de 2009

Sintonia fina


Comentei um post no 1,2,3 saco de farinha e o meu comentário me levou a refletir sobre a sintonia que desenvolvemos com nossos bebês.
Quando estava grávida do Arthur, eu me achava meio patética, porque não conseguia "conversar" com ele, cantar ou ler histórias. Eu provocava meu marido, porque ele também não se sentia à vontade, mas eu estava no mesmo barco...eheheh e minha ficha também demorou a cair, só me acalmava e tinha certeza de que ele estava aqui dentro quando fazia o US e ouvia o coração batendo, via meu bebê se desenvolvendo, aí sim eu pensava: "Caramba! Tô grávida!" Claro que depois que a gente percebe os primeiros chutes, não tem como desconfiar mais; a criaturinha te cutuca tanto, que você não consegue nem dormir mais...ehehehehehe
O que acontece então? De onde vem a tão falada "sintonia"?
Ela vem da convivência, do cuidar, do observar, do amar...
Enquanto Arthur mamava de duas em duas horas, tudo acontecia de um modo muito automático, mesmo porque a gente não tem tempo nem pra pensar, é mamada, fralda, mamada, fralda, mamada, banho, mamada... quando o bebê começa a espaçar as mamadas, principalmente à noite, é que você nota a tal sintonia aparecendo: com o passar do tempo, você passa a acordar senão junto, uns minutinhos antes do seu filho na hora da mamada. Aguarde. Ouça. Primeiro, um resmungo. Depois outro... e um chorinho. Pode levantar, que é hora da mamada! O tempo vai passando e você vai aprendendo quando ele "acorda" com fome, ou quando só quer um cheirinho seu, ou quando está com dor.
Eu achava isso impossível, principalmente nos primeiros meses, mas acredite, acontece. Hoje sei quando o choro do Arthur é de reclamação (ele balbucia junto com o choro, uma graça), de fome (ele chora e dá uns "rosnadinhos" de nervoso...eheheh), de dor (chora a plenos pulmões)... e essa sintonia acontece com todas as mães, independente de amamentar no peito, de fazer cama compartilhada, ou qualquer outro modismo/necessidade. É algo que está dentro de você, só aguardando que O Cara lá de cima ligue seu botãozinho de Mãe. E é maravilhoso perceber em si essa capacidade, e as coisas passam a funcionar com mais clareza e facilidade.
Portanto, não tema o amanhã.
Curta sua gravidez, e mesmo que não esteja curtindo, não se culpe, EU acho a gravidez um saco, logo eu que critiquei tanto a Carolina Dieckman quando ela disse isso...eheheh, curta as comprinhas do enxoval, a montagem do quarto, e mesmo que não tenha nada disso, tenha paciência e aguarde.
Quando o seu bebê estiver em seus braços, tudo vai mudar. Você vai se ver uma nova mulher, pronta pra conviver, cuidar, observar, amar... e em completa sintonia com aquela vidinha nova e tão linda.
Beijos!

7 comentários:

Ana disse...

Sintonia é um dos prazeres que a mãe tem com certeza!
Mas me caso foi diferente.
Começou já na barriga.
Um dia conto como foi.
E amei estar grávida!
Sempre falo para o marido que queria estar eternamente grávida. kkkk
É que para mim não teve nada da parte sofrida.
Curti a fase sem barriga, com barriguinha e com barrigão numa boa. Rs
Beijos!

Lia disse...

Amei seu post, Cynthia! Muito lindo. E eu tenho de acreditar, né? E, pela fé, resolvi comprar mesmo a babá sem câmera!

Cynthia Santos disse...

Pois é, M'Aninha, fui uma grávida que teve TODOS os sintomas possíveis e imagináveis... até alergia no final da gravidez eu tive... uma coisa! ehehehehe

Oi, Lia!
Pode acreditar, é assim mesmo que vai rolar, você vai ver! Essa noite por exemplo, meu Príncipe acordou três vezes... na primeira, eu fui lá, dei colinho e ele dormiu (estou tentando o desmame noturno, ele já me provou que não precisa mamar à noite...ehehehe). Na segunda, só choramingou e dormiu de novo, não precisei ir no quarto... na terceira, derrubou a casa, TIVE que dar a mamadeira pra ele...ehehehe
Beijos, tudo de bom pra vocês!

Mãe do Pitoco disse...

Cynthia, concordo com absolutamente tudo o que vc disse, amei o post, perfeito! Beijocas em ti e no pequeno.

Paty disse...

Amiga, sonhei mto em ficar grávida,ter um bb...sonho realizado.Eu curtir tudo,ele na barriga fora dela...qualquer chiadinha dele eu acordo,o papá as vezes,mais essa sintonia de mãe é tudo.
Amei o post,concordo com o q diz.

Beijocas!

Paty disse...

Amiga, quero te convidar a conhecer minha outra casinha:

www.bypatyfortunato.blogspot.com

Beijocas!

Ana disse...

Paty estou indo lá visitar sua outra casa.
Bjs!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Premium Wordpress Themes