2 de julho de 2010

O barulho e o silêncio

Aula de etiqueta para o seu filho:

Leve seu filho ao oftalmologista.
Fique sentada na sala de espera pequena com 10 cadeiras.
Quase todas elas ocupadas. A maioria de senhoras e senhores acima dos 70.
Coloque ele sentado na cadeira do canto e dê um pote com biscoitos para ver se sua cria sossega um pouco.

Passado alguns minutos um som indeterminado, estranho, meio sufocado, longo acontece no ambiente.
Você e a senhora da cadeira ao lado olham em direção ao som, ou seja, para o seu filho.
Este com um sorriso no rosto diz: "Mamãe dei pum!"

Nesse momento mãe não olhe para ninguém, só ouça um rizinho da senhora ao lado.
O restante da sala melhor não saber.
Saiba que pedir desculpas não é a solução porque isso irá prolongar o assunto.
E sobre esses assuntos escatológicos, e vaporosos só de mãe para mãe na pracinha ou no consultório pediatrico.
Aquele moço de terno e gravata, aparentando uns 25 anos também não deveria estar interessado nisso.

Mas voltando, só diga baixinho: "Está bem filho, não precisa dizer de novo".
E volte a folhear a revista, posicione ela na altura do seu rosto.

Agora entra o pai. Papel importante para a aula.
Preste a atenção nessa sincronização.
A atendente diz que é a vez do seu filho.
Ao se levantar o pai entra no consultório.
Então você se encaminha para a sala da médica mas seu filho corre para o pai e diz:
"Papai eu dei um monte de pum!"

Entre imediatamente na sala da oftalmologista caindo na risada, só conseguindo dar um bom dia.
Um pouco depois entra o pai, com o rosto vermelho, com um sorriso sem graça achando que não irá sobreviver depois dessa. Falta de experiência.

Outra coisa importante é que a oftalmologista seja mãe de uma criança de 5 anos.
Ela irá entender perfeitamente e a ainda vai ajudar:
"Lucas para de dar pum senão você vai espantar meu clientes lá fora!"

E o pai depois irá querer saber se tem uma saída estratégica que não passe pela sala de espera.
Você irá agradecer a atendente e sair elegantemente pensando "será que estou dando feijão demais? "

Quanto a hoje eu só sei que não vou querer tomar suco de laranja tão cedo na minha vida.
Brasil é mais time.
Mas o emocional atrapalhou tudo.
É porque somos assim mesmo, muito mais coração do que qualquer coisa.
O grito ficou agarrado na garganta, e um silêncio se fez nas ruas.
Mas que venha a próxima.

12 comentários:

Chris Ferreira disse...

Oi Ana,
As crianças nos deixam em cada saia justa. Outro local que elas adoram fazer isso é no elevador. A gente ficar torcendo para chegar logo o nosso andar.
O título da postagem ficou ótimo tanto para o pum quanto para o jogo do Brasil. Foi assi maior barulho no 1º tempo e um tremendo silêncio no 2º. Também suspendi o suco de laranja.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com

Cynthia Santos disse...

hauhauuahuahuhauha
*rolando de rir*
Dava tudo pra ser uma mosquinha e ver Padim na saia justa....ahuahuauhuahua

Pergunta estúpida (perdoem, filhote teve uma crise de choro daquelas misteriosas às 3h30m da manhã e só sossegou uma hora depois, ou seja, tico está de mal do teco...): o que tem o suco de laranja a ver com as calças??

Beijo grande!

P.S.: A culpa foi do Mick Jagger!!!

Ana disse...

Chris no elevador é terrivel né? Pq os outros nuncam pensam que foi a criança. Kkkk

Kaká não é `a toa que temos fama de não entender nada de futebol! Kkkkk
Desculpa, perdi a copa mas não posso perder a oportunidade. Rs
Vc reparou na cor da camisa da Holanda hoje?
Em 74 eles impressionaram com um time que não tinha divisão. Todo mundo atacava e defendia mudando de posicao a toda hora, sendo impossivel marcar.
Foi apelidado então de A Laranja Mecânica e também Carrosel Holandês.
Entendeu pq suco de laranja nao desce mais? Rs

E o marido falou a mesma coisa.
Que a culpa foi do pe frio do Mick Jagger. Alguem mandar um recado para ele torcer para Argentina?

Nutrição & Cia disse...

Dos puns do seu filhote que inocentemente não sabe que isso mais tarde é totalmente constrangedor fazer na frente dos outroas ( que delícia ser cç) eu dei risada. Já sobre a copa nem preciso falar né?! Já se foi o sorriso.

Bianca disse...

Imagino só a situação!!! Mas pelo menos ele mesmo confessou que era o autor... E esses dias que Arthur deu um pumzão altíssimo em pleno elevador? Daqueles tão altos que as pessoas ficaram em dúvida se realmente era possível sair um barulho daqueles de um bebezinho que repousava tão inocentemente no colo da mãe(que ficou com a maior cara de tacho) :)
Agora, quanto ao jogo... tsc tsc tsc

Marina Fiuza disse...

Ah menina, pior foi uma colega da trabalho que levou a filhinha pro salão e ela, depois de um tempão sentadinha, perguntou pra mãe em alto e bom som por que é que o cabelo "daquela" mulher (uma presente) era igual ao cabelo da perereca dela. Me diz, e nessa hora? O que é que se faz??? huahuaha

I loooove children!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

ai ai ai..adoreiiiiiii...kkkkkk..olha,vim aqui agradecer vc pelas suas palavras deixadas no meu blog..obrigada,estava meeesmo precisando ouvir...
Vim aqui e cai na gargalhada com seu post,olha que delicia????
menina,ne fala nessa historia de pum..Enzo me faz passar cada verginha..mas pior não é ele soltar o pum...PIOR E VC SOLTAR E SEU FILHO FALARA P/ TODO MUNDOOOOOOOOOOOOOOOOO(para quem ainda não tinha escutado)..foi uq o meu fez... ai é que as pessoas riam mesmo..e eu ,se não morri de vergonha ali,descobri que não morro mais nunca,kkkkkkkkk
Bem..voltei a postar e a visitar os blogs...tenha um otimo fim de semana(sem feijãaao,pleaseee...kkk)
bjaaaaoooo!!! ;-)

Mãe do Pitoco disse...

hahaha Muito bom! Aqui em casa criamos um código secreto. Quando Pitos solta pum na rua, ele faz um gesto e já sabemos, mas ninguém sabe. Ensina isso para o seu pequeno. hehehe Beijocas

Paty Fortunato disse...

Amiga

Quando Henrique solta "pum" ele diz: mamã Henrique. cocô rs...ele ainda não sabe a diferença.
Esses nossos filhos,sempre nos deixando de saia justa heheheh...

Sobre o jogo: gritei mto,chorei,fiquei mto triste,acho q como todo brasileiro.
Mais bola pra frente,q venha copa 2014.

Beijocas!

Paty Fortunato disse...

Ah, esqueci,editei o post,quero uma ajudinha pra ganhar no TOPBLOG 2010, posso contar com vc?? Vai lá amiga votar.

Beijocas!

Carol Garcia disse...

Ai Ana...
Pior é Isaac, que fala: Mamãe, PUM!
e a gente fala meio que mecânico: Fez pum filho? e ele: Não, MAMÃE!!!!
afffffffff
hahahahahahaha
bjocas
carol
http://viajandonamaternidade.blogspot.com

Ana disse...

Marina pelo amor de Deus! Nessa eu enfiava minha cabeça na bacia da manicure! Kkkk

Xará na rua eu ainda não passei essa vergonho, mas em casa ele denuncia todo mundo. Que bom que voltou bem!

Nanda vou tentar essa dica! Obrigada! Rs

Claro Paty!

Carol aí é fogo, só espero que ele não diga: "vc deu mamãe"
Hehehehe

Beijos a todas!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Premium Wordpress Themes